ptsl1

Carisma

“O patrimônio próprio de uma comunidade é o seu carisma.
 Ele nos levará à santidade, na medida em que lhe formos fiéis”.

     O nosso carisma está fundamentado na vivência e propagação da Total Consagração a Jesus por Maria Santíssima ou Santa Escravidão de Amor, segundo o método de São Luís Maria G. de Montfort, para que venha logo o Triunfo do Imaculado Coração de Maria.
     Esta consagração se caracteriza pela entrega de tudo que somos e possuímos à Santíssima Virgem, para que através d’Ela possamos pertencer a Deus de uma maneira mais perfeita, crescendo em graça.
     A missão que Jesus deu a Nossa Senhora foi a de formar verdadeiros adoradores de Deus. Pela Total Consagração, nós acolhemos Maria em nossa “casa” (coração) e Ela nos acolhe na Escola de seu Imaculado Coração, onde aprendemos o verdadeiro amor a Deus e ao próximo, bem como as demais virtudes que farão de nós verdadeiros cristãos. É uma perfeita renovação das promessas do Santo Batismo. Fazendo esta consagração damos o nosso sim a Jesus que nos deu Maria por Mãe, Mestra e Formadora.
     Enfim, desejosos de que Jesus Cristo reine no mundo, nos empenhamos, pela vivência e propagação da Total Consagração, para que venha logo o “Reinado de Maria” ou o “Triunfo do seu Imaculado Coração”, pois este será o meio pelo qual se dará então o “Reinado de Jesus”.  

“Quando virá esse tempo feliz em que Maria será estabelecida Senhora e Soberana nos corações, para submetê-los plenamente ao império de seu grande e único Jesus? Quando chegará o dia em que as almas respirarão Maria, como os corpos respiram o ar? ... Meu caro irmão, quando chegará esse tempo feliz, esse século de Maria, em que inúmeras almas escolhidas, perdendo-se no abismo de seu interior, se tornarão cópias vivas de Maria, para amar e glorificar a Cristo? Esse tempo só chegará quando se conhecer e praticar a devoção que ensino:“Para que venha o Vosso Reino, ó Jesus, venha o Reino de Maria”. (T.V.D. n.217).

Vivência do carisma

A adoração

A vivência da Santa Escravidão de Amor a Jesus por Maria se dá na adoração amorosa e reparadora do Santíssimo Corpo de Deus, fim último de toda a nossa devoção, esforços e sacrifícios.
Alegria e alimento de nossa alma.
Adoramos Jesus, presente no Santíssimo Sacramento do altar (principalmente pela santificação dos sacerdotes), de forma contínua e ininterrupta, pois é a partir do contato pessoal com Nosso Senhor, recebemos a força, o amor e a alegria, necessário para servi-lo no próximo e anunciá-lo a todos.

O acolhimento aos pobres e doentes abandonados

Como instituição religiosa e a exemplo da Igreja, comprometida com o próximo e a causa social, desenvolvemos um trabalho de acolhimento e assistência junto aos irmãos de rua, doentes abandonados e necessitados. Esse acolhimento é feito sem distinção de etnia, cor, condição social ou credo religioso.
A pastoral de rua é um ramo do apostolado realizado pelos irmãos e irmãs religiosos, pelos leigos consagrados e por leigos que acompanham este trabalho. Estes percorrem as ruas da cidade levando alimento material e espiritual aos irmãos pobres, abandonados nas ruas.
Todos aqueles que desejam sair da rua são conduzidos às nossas casas para se alimentarem, vestirem e receberem encaminhamento médico, caso seja necessário. 
Aqueles irmãos e irmãs que necessitam de algum tratamento e cuidado especial, como auxílio para higiene pessoal, alimentação e locomoção, são assistidos pelos religiosos. O transporte dos doentes aos hospitais e seu acompanhamento, é realizado por nós.
Queremos que nossas casas tornem-se verdadeiros lares para eles, e, portanto, desde que respeitem as regras das casas, podem morar conosco por toda a vida. Na medida do possível tentamos ajuda-los a se reintegrarem a sociedade como cidadãos, conscientizando-os da sua dignidade de filhos de Deus Altíssimo e da sua sublime vocação.

Missão evangelizadora

O Senhor concedeu-nos uma missão evangelizadora bastante abrangente, posto que se trata de viver e propagar a devoção e consagração a Nossa Senhora (patrimônio da espiritualidade da Igreja Católica).
O caráter missionário da comunidade está a serviço da Igreja e concretiza-se no anúncio da pessoa, vida e doutrina de Jesus Cristo Nosso Senhor às famílias, aos jovens, às crianças, enfim, a todas as pessoas, nos diferentes grupos. Isto fazemos através de palestras, encontros, retiros, missões populares, cenáculos e catequese, também com o auxílio dos meios de comunicação como jornal, internet, rádio e TV.

 

 
     

Leituras Diárias